segunda-feira, 25 de Julho de 2011

INSTALAÇÃO DO PHC ADVANCED - VERSÃO 2004 (Demonstração)

1º Passo - Instalação do driver da ficha. 


Ficha SuperPro

Para instalar a ficha de monoposto deverá correr-se  o ficheiro
‘RainbowSSD5411-32bit.exe’, que se  encontra  no  CD  de  Instalação,  na
directoria ‘Ficha\SuperPro’.

2º Passo - Instalação do MSDE 
No CD de Instalação, encontra-se a directoria ‘MSDE’. Dentro desta directoria
encontra-se o ficheiro ‘Setup.exe’,  que deverá ser  corrido para que se
efectue a instalação do SQL Server Desktop Engine.
Após terminar a instalação do SQL Server Desktop Engine e ter reiniciado o
computador, deverá confirmar se o serviço do MSSQL Server se encontra a
correr. Para isso deverá fazer duplo  clique no ícone  do serviço (que se
encontra no canto inferior direito do ecrã) e caso este apresente um
quadrado vermelho, significa que o serviço se encontra parado, sendo então
necessário clicar em “Start/Continue” de forma a que fique a correr. Deverá
também clicar na opção “Auto-start service when OS Starts”. Assim sempre
que o PC for ligado o serviço arrancará por si.

Caso o ícone do serviço surja com uma seta verde, significa que o mesmo se
encontra a correr. Confirme apenas que a opção “Auto-start service when OS
Starts” se encontra activada.


3º Passo – UtilsAdv 
Na directoria UtilsAdv, do CD de Instalação, deverá correr as seguintes
aplicações:
Soaptoolkit20.exe
Msxml3sp2setup.exe

XmlInst.exe – este ficheiro irá ser  descompactado para uma directoria à
escolha.  Nessa mesma directoria  deverá ‘correr’ o ficheiro com o mesmo
nome (XmlInst.exe).


Estas aplicações servem, no caso de não  ter instalado  o Internet Explorer
6.0, para poder utilizar algumas  das funcionalidades disponíveis,
nomeadamente algumas funcionalidades XML.



4º Passo - Setup das aplicações



No CD de Instalação, existe uma directoria designada de  ‘DemoAdvanced’
que  contém o  ficheiro ‘Setup.exe’  que  deverá correr. Durante a instalação
poderá optar por uma instalação Típica, Completa ou Personalizada.


É aconselhável a  Instalação Personalizada. Ao escolher este tipo de
instalação, irão surgir por defeito  todas as opções de instalação
seleccionadas, para serem instaladas no disco rígido local  (incluindo a Base
de Dados Demonstração 2004 e o Smanager 2004).

Por  consequência, se não for  desactivada nenhuma das opções de
instalação, serão instalados simultaneamente:
-  PHC Advanced 2004
-  Base de Dados Demonstração 2004
-  Smanager 2004
-  Após a instalação  da aplicação numa determinada directoria
(‘C:\PHC2004\’), deverá ser criado nessa directoria o ficheiro
‘superpro.dbf’.
-  No  caso,  de se utilizar uma  ficha  de “Técnico Certificado”, deverá
também criar-se na  directoria onde foi instalada a aplicação,  o ficheiro
‘tecnico.win’.

5º Passo – Smanager2004 



Antes de se utilizarem  as funcionalidades de gestão  de servidor  e base de
dados, é necessária a ligação e respectiva autenticação junto do servidor.
Deverá então efectuar-se o login ao servidor local (Menu Sistema / Login ao
Servidor). Depois deverá seleccionar-se um dos servidores que estão listados
na caixa ‘Servidor’, ou no caso do servidor pretendido não figurar na lista de
servidores  disponíveis, deverá ser  indicado no  campo servidor, o  nome
NetBIOS  (nome da máquina, PC)  ou o  endereço TCP/IP (caso usado) do
servidor pretendido.  A primeira ligação,  deverá ser efectuada com
autenticação Windows.


No menu Utilitários do Smanager2004  encontra-se a opção “Assistente de 
instalação”. Neste Assistente, deverão seguir-se os seguintes passos: 


Passo 1 de 4 



Definição do servidor (neste  caso o servidor local) e do nome  pretendido
para a base de dados.
O nome da base de dados poderá, por exemplo, ser o nome da empresa. Ao
clicar em próximo deverá permitir a mudança de autenticação.


Passo 2 de 4



Deverá seleccionar-se  a opção 'Criar a  base de dados apartir de ficheiros
existentes'.  Nesta altura deverá escolher a  directoria ‘BDDEFAULT’, que foi
criada abaixo da directoria onde foi instalada a aplicação PHCAdvanced2004
(aquando da instalação), com os ficheiros da Base de Dados Demo.
Na directoria ‘BDDEFAULT’ encontrará dois ficheiros denominados de
‘Demo2004original_Data.MDF’ e ‘Demo2004original_Log.LDF’, os  quais
deverão ser seleccionados (separados por “;”) para que se efectue o Attach
da base de dados.



Passo 3 de 4



Criação de utilizadores.
Deverá ser  criado, no  mínimo, um utilizador Administrador  de Sistema.  O
utilizador criado, terá que ser diferente de ‘SA’, visto este já existir.

Passo 4 de 4



Surge uma listagem  com os dados que serão  criados. Para avançar deverá
clicar-se em 'Terminar'.


Em vez de ser utilizado o Assistente de Instalação, poderá criar-se a base de
dados de  forma manual. A opção “Criar Base de Dados”, no Menu  “Bases de
Dados”, serve para adicionar a um servidor uma nova base de dados.


A opção ‘Cresce  automaticamente?’, serve para controlar  o crescimento da
base de dados, se automaticamente e se cresce em incrementos fixos de X
MB (Mega Bytes) ou em incrementos de X % (percentagem) do tamanho da
Base de Dados.



A opção ‘Tamanho Máximo’, serve para limitar ou não o tamanho da base de
dados a X MB.


Os nomes das bases de dados no servidor SQL têm que ser únicos, pelo que
se tentar usar um nome já existente (de outra BD) o Software dará uma
mensagem de aviso.


Ambas as páginas deste ecrã são similares, ou seja, as opções são as
mesmas embora um conjunto afecte o ficheiro de dados e o outro o de log.



Para criar  bases de dados, é  necessário um ‘login’ com as devidas
permissões.

Utilizadores  



No Menu Bases de Dados, a opção “Criar Utilizadores”, serve para a criação
de utilizadores da base de dados.


Para definir o acesso  às várias bases de dados de um servidor SQL,  é
necessário  criar utilizadores. Assim, neste  ecrã podemos criar  novos
utilizadores  e/ou logins, definir os seus papéis (roles) de  utilização da base
de dados e acrescentá-los à lista de Utilizadores da mesma. Para isso basta
seleccionar a base de dados em que pretende criar o utilizador, preencher o
nome do utilizador, seleccionar um dos logins disponíveis nessa BD, ou criar
um novo e escolher os papéis a que este novo utilizador vai pertencer.


Por cada login (objecto do  servidor), só pode existir  um  utilizador
referenciado a esse mesmo login.


A cada Utilizador (objecto da BD) corresponde um login (objecto do servidor)
distinto. Assim, o mesmo login pode servir para vários Utilizadores, desde
que estes não pertençam à mesma Base de Dados.


Para escolher múltiplos papéis (roles), basta  pressionar  em CTRL enquanto
se escolhe  o Role pretendido.  Para adicionar um  utilizador ao Role ‘Public’
não  é necessário escolher qualquer papel (por defeito todos os novos
utilizadores pertencem a este role).

Criação de ODBC


O próximo passo consiste na criação do DSN de ODBC. Esta funcionalidade
não necessita de uma autenticação (login) junto de um servidor.


No menu Sistema, a  opção Criar  DSN serve  para criar DSN’s (Data Source
Names) de  sistema. Ao criar um DSN  de sistema, é feita a disponibilização
para todos os utilizadores (por máquina) de um caminho para uma
determinada base de dados ou servidor de base de dados. Assim,  quando
4uma aplicação quiser comunicar com uma base de dados via ODBC (Open
Database Connectivity) só tem que saber o respectivo DSN, para saber como
chegar até essa Base de Dados.



Para a  criação de um  DSN, os  campos ‘Base de  Dados’ e ‘Descrição’ são
facultativos


No ecrã de teste de DSN, pode-se testar o DSN criado. Para este processo é
necessário  o preenchimento dos  campos da  página  de teste ‘Username’  e
‘Password’, qual o DSN a testar e ainda os campos ‘Nome do DSN’ e ‘Base de
Dados’ da primeira página.



6º Passo - Arranque do PHC Advanced 2004




Após  instalados o  servidor e os clientes, é  necessário preparar o  Software,
para que o mesmo funcione na sua plenitude.



Depois de executar o  ficheiro ‘phcadvanced.exe’, deverá definir-se o login à
aplicação.



Definir o Login



No arranque do sistema, tanto o  SQL Server como a aplicação,  criam o
utilizador 'sa' sem password.



Para as  configurações iniciais é com este acesso que se  deverá entrar  na
aplicação.


NOTA:  Este utilizador deve possuir acesso de administrador no SQL Server,
pois no seu primeiro Login vai de imediato criar no Server as tabelas iniciais
necessárias.

Nome da conexão ODBC




Neste campo deverá indicar-se  o  nome  da  conexão  ODBC (DSN) que se
criou, para aceder à respectiva empresa.



Nome da base de dados no Server



Neste campo deverá indicar-se  o  nome  da base de dados no respectivo
servidor.



Entrada na aplicação



Depois de efectuado o login com o utilizador ‘SA’, ao se entrar pela primeira
vez  na  Base  de  Dados  de  Demonstração  2004,  surgirá  um  ecrã onde  se
visualizará uma lista com todos os Módulos aos quais o utilizador ‘SA’ tem
acesso.


Nessa  lista, onde constam  todos os Módulos aos quais o utilizador ‘SA’ tem
acesso, surgem os seguintes Módulos:
-  CRM Comercial;
-  Contabilidade;
-  ControlDoc;
-  Gestão;
-  Imobilizado;
-  Pessoal;
-  Supervisor;
-  Suporte.


Por defeito, todos estes módulos surgem activados. Ao clicar no botão de
“Entrar”, sem desactivar nenhum deles, entrar-se-á na aplicação com acesso
a todos estes Módulos. Se por  outro lado, inactivarmos um dos Módulos,
entraremos na aplicação, sem consumir a licença respectiva  ao módulo
inactivo.


Na Base de Dados de  Demonstração  2004, o  utilizador ‘SA’ pode aceder  a
todos estes Módulos,  porque se encontra  associado a um Grupo de
Utilizadores que está definido para ter acesso a todos estes Módulos.


Para que se alterem, os Módulos disponíveis para um utilizador, terá   este
utilizador que ser associado a um Grupo de  Utilizador. Será depois nesse
Grupo de Utilizador, que se efectuará a respectiva configuração dos Módulos
para acesso.  


Para mais informações, acerca da definição  de acessos a Módulos por
Utilizador / Grupo de Utilizador, deverá consultar o manual da aplicação.


Assistente de Instalação e Manutenção
Ao entrar na base de dados, se surgir o ecrã do ‘Assistente de Instalação e
Manutenção’, deverão ser seguidos os seguintes procedimentos, para que se
efectue a actualização da base de dados:
-  Após lida a informação do 1º ecrã, deverá clicar em ‘Próximo’;
-  No  passo ‘1 de 3’ deverá seleccionar  a  opção ‘Principais’. Deverá
novamente clicar em ‘Próximo’;
-  No passo ‘2 de 3’, deverá seleccionar as seguintes opções: ‘Existência
de campos’ e ‘Reinstalar triggers’. Deverá  novamente clicar em
‘Próximo’;

-  No passo ‘3 de 3’ surgirá toda a informação relativa à manutenção a
ser realizada. Deverá clicar no  botão ‘Terminar’ e avançar para a
manutenção.

Nota




Na directoria ‘Imagens  a colocar na directoria do executavel’, encontram-se
as seguintes imagens:
-  CobImo.bmp;
-  limites.bmp;
-  logophc.bmp.


Para que estas imagens possam ser utilizadas, os ficheiros das mesmas,
deverão ser colocados na  directoria onde foi instalada a aplicação
(‘C:\PHC2004\’).



  • As duas primeiras imagens (‘CobImo.bmp’ e ‘limites.bmp’), apenas

poderão vir a ser necessárias para quem utilizar o Módulo “Serviços”.
Estas duas imagens, são utilizadas  em páginas de utilizador do ecrã
“Tipos de Reclamações” (nome de ecrã alterável por parâmetro).



  • A imagem ‘logophc.bmp’, consiste num exemplo de logotipo de

empresa que, com as devidas configurações, passará a surgir:

1. No Navegador;

2.  Nos cabeçalhos dos Mapas Definidos e Impressões feitas a partir de
Listagens Rápidas ou de algumas Análises (ao invés de ser impresso
no  topo da página, uma linha recta e  por baixo dela  o nome da
empresa que está a usar o software);

3.  No  “Desenho de IDU’s” passará  a surgir um novo campo disponível,
denominado de “Logotipo usado no Navegador”.
Para que se verifiquem as situações referidas nos pontos anteriores,
os seguintes parâmetros deverão ser  configurados  da  seguinte
forma:


-  No parâmetro  “Caminho para imagem de logotipo no
navegador”, deverá indicar-se  o seguinte: ‘C:\PHC2004\

- Deverá activar-se o  parâmetro “Usa o logotipo definido  para  o
navegador”.

logophc.bmp’;









































































Sem comentários:

Enviar um comentário